//Condomínios
17/07/2017

Qual o papel da administradora?

Veja as principais responsabilidades da administradora de condomínios
Por Vivian Lapini

Você que mora ou já morou em condomínio, sabe que no boleto que você recebe todo mês vem o nome da administradora ou contabilidade que administra o seu condomínio. Mas o papel da administradora vai muito além de enviar os boletos. Confira abaixo as principais responsabilidades dessa empresa contratada por seu condomínio:

1. Folha de pagamento: se seu condomínio possui funcionários próprios, a administradora calcula a folha de pagamento, horas extras, apura os impostos relacionados aos funcionários, vale transporte e tudo o que diz respeito aos colaboradores. É importante que a empresa tenha pleno conhecimento dos direitos e deveres dos funcionários e da legislação trabalhista.

2. Financeiro: tanto a parte de recebimento das contas (dos boletos pagos pelos moradores), quanto a parte de pagamento dos fornecedores é de responsabilidade da administradora. O recolhimento e pagamento de impostos também. Ela que deve fazer a gestão de caixa, que pode ainda incluir a transferência para os fundos do condomínio, como fundo de reserva e investimentos.

3. Compras: esse é um trabalho que pode ser feito pelo síndico ou zelador também, mas no geral deve ser feito pela administardora. É importante que essa empresa apresente 3 cotações para compras que não forem emergenciais e disponibilize um sistema para que todos os moradores tenham acesso aos fornecedores que participam das cotações.

4. Previsão orçamentaria: as finanças do condomínio devem ser pensadas e analisadas com frequencia. Geralmente, essa previsão acontece uma vez por ano e deve garantir que as receitas do condomínio sejam maiores que as despesas. Essa previsão é analisada juntamente com o síndico e conselho administrativo, que são os responsáveis pelas tomadas de decisões.

5. Organização e realização de assembleias: a administradora que faz a convocação dos proprietários, que organiza o espaço e equipamentos necessários, como caixa de som, microfone e projetor.

6. Envio de comunicados, advertências e multas: a administradora é responsável apenas pelo envio de advertências e multas, mas quem solicita e verifica quando estes devem ser enviados é o síndico. Já no caso de comunicados, a administradora pode enviar, caso seja de interesse do condomínio.

7. Soluções de problemas: a administardora, juntamente com o corpo diretivo do condomínio deve pensar nas soluções para resolver os problemas que podem ocorrer.

8. Prestação de contas: é de responsabilidade da administradora elaborar a prestação de contas, demonstrando todas as receitas e despesas do condomínio, entretanto, a responsabilidade do condomínio é sempre do síndico. Uma vez por ano, pelo menos, a administradora deve, por meio de assembleia, apresentar a prestação de contas que poderá ser aprovada ou não pelos proprietários.

É importante frisar que não é de responsabilidade da administradora, resolver problemas dentro das unidades (como canos estourados, por exemplo). Isso é responsabilidade do proprietário e, caso a construção ainda esteja na garantia, é necessário solicitar os reparos à construtora. A administradora também não é responsável pelos contratos de aluguel das unidades.

 

TAGS: #administração #condomínios #síndico #imóvel