//Condomínios
02/05/2019

Condomínio saudável

4 dicas para manter um saldo positivo
Por Vivian Lapini

O condomínio é uma pessoa jurídica e funciona como uma empresa, em que, nesse caso, os sócios são os proprietários.
Como toda empresa, é preciso uma boa gestão de caixa e que as receitas sejam maiores que as despesas. Veja abaixo 4 dicas para que seu condomínio fique com a saúde financeira em dia:

1.    Faça cotações: para toda compra no condomínio é importante que haja pelo menos três cotações, que tratem sobre produto com as mesmas especificações para todos os fornecedores. Com isso, selecionando o produto escolhido com menor valor, o condomínio certamente economiza muito.
2.    Cobre os inadimplentes: ter um departamento jurídico atuante na administradora é muito importante, pois isso garante que as receitas venham sempre constantemente, o que ajuda a manter um saldo positivo. Para aqueles condomínio que possuem uma inadimplência crônica, é necessário avaliação da necessidade de contratar uma garantidora.
3.    Negocie as tarifas bancárias: um gasto muito grande que os condomínios possuem é com a emissão de boletos. Dependendo do tamanho do condomínio, esse gasto pode reduzir até pela metade, se você negociar com o banco tarifas a um preço mais acessível. Nesse caso, talvez, possa ser até interessante mudar de banco.
4.    Otimize os serviços: muitas vezes trocar a terceirizada por funcionários próprios ou, ao contrário, terceirizar alguns serviços que o próprio condomínio faz pode compensar. Daí a necessidade de avaliar contratos e fazer as contas para ver o que é mais eficiente para o condomínio.

 

É sempre importante analisar, do ponto de vista financeiro, todas as ações do condomínio, para que o saldo fique sempre positivo ao mesmo tempo que o condomínio mantenha seu patrimônio e, com as sobras de caixa, futuramente, possa implementar melhorias sem mexer no bolso dos proprietários.

 

TAGS: #finanças #condomínio #saldopositivo #dicas #caixa